março 2010


Vagner Mancini vem tentando despistar em relação ao time do Vasco para o clássico de domingo, contra o Flamengo, às 19h30, no Maracanã, pela quarta rodada da Taça Rio, segundo turno do Estadual. Contudo, o treinador vem dando sinais de que poderá utilizar três zagueiros: Fernando, Titi e Gustavo, que “sabe” como parar o chamado “Império do Amor” formado por Vagner Love e Adriano.

“A marcação será simples e específica. O Fernando ficaria mais na sobra e eu e o Titi sairíamos à caça. Assim, poderíamos diminuir o espaço dos dois. Não joguei contra o Vagner Love, mas já enfrentei o Adriano e levei a melhor”, disse, referindo-se ao confronto de 2008, quando o Palmeiras, sua equipe na época, eliminou o São Paulo, então time do Imperador, na semifinal do Campeonato Paulista

Se for confirmado entre os titulares, Gustavo irá encarar o clássico diante do Flamengo como uma oportunidade única. O zagueiro vê no jogo deste domingo a chance para ganhar de vez a confiança de Vagner Mancini.

“É um outro campeonato, não tem como. Mexe com a cidade, com os dois clubes e com os torcedores. É a oportunidade que eu vinha buscando. Os grandes jogadores buscam as grandes partidas. Vou tentar agarrar essa oportunidade com unhas e dentes”, disse.

Desde que chegou ao Vasco, Gustavo apareceu com a camisa do Vasco em três oportunidades. O zagueiro enfrentou Macaé e Friburguense, ambos pelo Campeonato Estadual do Rio, e Sousa-PB, pela Copa do Brasil.

Anúncios

O técnico Vágner Mancini segue trabalhando na montagem do time do Vasco para o clássico do próximo domingo, às 19h30 (de Brasília), contra o Flamengo, no Maracanã, pela quarta rodada da Taça Rio. Na manhã desta quinta-feira, o treinador comandou um coletivo em que adotou o esquema 3-5-2, com o zagueiro Gustavo treinando no lugar do volante Léo Gago, cotado para ocupar a vaga deixada por Souza, que está suspenso.

Na atividade, Gustavo formou trio de zaga com Titi e com Fernando. O jogador se diz preparado para a partida contra os flamenguistas e já sonha até mesmo com uma sequência na equipe.

“É uma oportunidade que eu vinha buscando há muito tempo e o grande jogador sempre espera um grande jogo. Espero trabalhar ainda melhor no treino desta sexta-feira para ser escolhido pelo Mancini. O jogador precisa estar sempre preparado para as oportunidades e sempre treinei com muito empenho. Meu desejo é começar como titular no domingo e ter uma sequência de jogo, o que é fundamental para qualquer atleta”, falou Gustavo.

Contratado com status de titular, Gustavo nunca conseguiu se firmar na equipe, mas ganhou uma oportunidade com Vágner Mancini na partida de ida contra o Sousa da Paraíba, pela Copa do Brasil. O jogador encara com naturalidade a disputa pela condição de titular dentro do atual elenco do clube.

“No Vasco não existem 11 titulares, mas um grupo preparado para poder jogar quando for solicitado pelo Vágner Mancini. Sei da qualidade dos jogadores do nosso plantel e encaro com naturalidade essa disputa”, acrescentou Gustavo.

Assim como aconteceu na atividade de quarta-feira, o volante Paulinho voltou a trabalhar entre os titulares e dá sinais de que ficará com uma das vagas no meio de campo, atuando ao lado de Rafael Carioca e Carlos Alberto. Neste cenário, a marcação fica reforçada, pois Philippe Coutinho será usado ao lado de Dodô, no ataque.

No treino desta quinta-feira, Vágner Mancini testou ainda o volante Jumar e o atacante Rafael Carioca entre os titulares, mas eles deverão ficar mesmo como opção no banco de reservas. Pelo que se viu, o esboço para domingo é o seguinte: Fernando Prass; Gustavo, Fernando e Tite; Élder Granja, Paulinho, Rafael Carioca, Carlos Alberto e Márcio Careca; Philippe Coutinho e Dodô.

Nesta sexta-feira, porém, acontecerá o coletivo decisivo para a definição dos titulares. No sábado pela manhã acontecerá um recreativo e depois começa o período de concentração para o clássico.

“Vamos esperar ainda alguns treinos que vamos ter e ver a melhor formação para mandarmos a campo. Temos que usar cada minuto da preparação para não cometermos erros contra o Flamengo, que é um adversário muito complicado de ser batido”, afirmou Mancini, sem querer antecipar a escalação.

O Vasco soma nove pontos, com 100% de aproveitamento no Grupo B da Taça Rio. Caso derrote o Flamengo, além de manter a liderança isolada da chave, o Cruzmaltino vai dar um passo gigantesco para garantir a classificação para as semifinais do segundo turno do Estadual.