4901m

Da Toca II

Álvaro Castro

Com a ausência certa de Leonardo Silva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Adilson Batista tem boas opções para compor o setor defensivo na segunda partida da decisão do Campeonato Mineiro, no domingo. Anderson, Gustavo, Léo Fortunato e Thiago Heleno pleiteiam a condição de titular no jogo que pode consagrar o bicampeonato Estadual. Titular nos 5 x 0 sobre o Atlético-MG, Léo Fortunato confia na qualidade do elenco para que o bom desempenho defensivo seja mantido. O Cruzeiro tem a melhor defesa da competição termos relativos. São 0,75 gol sofridos por jogo contra 0,84 do América-MG, que passou nas quartas-de-final e entrou em campo menos vezes. “A gente não vai contar com o Leonardo Silva, mas temos zagueiros de qualidade como o Anderson e o Gustavo, que quando entram dão suporte para a equipe. Estamos na expectativa por quem o Adilson vai optar”, disse Fortunato. Durante o Estadual, Adilson Batista promoveu um rodízio entre os jogadores de defesa, o que os deixa com números equilibrados de partidas na competição. Léo Fortunato jogou oito vezes, Anderson sete e os demais, seis. Gustavo quer conquistar a confiança do treinador durante a semana e garantir a participação em sua primeira final pelo Clube. “O Cruzeiro tem um grupo muito forte. Desde o começo do Campeonato Mineiro houve o rodízio e todos os jogadores aproveitaram a sua chance, fizeram o melhor. Isso pode ser visto nos resultados. É mais um momento importante, o último jogo do Campeonato, uma final. Fico feliz por, em tão pouco tempo no Clube, participar de uma final”, afirmou. O jogador de 27 anos já disputou importantes clássicos em sua carreira. Gustavo passou por Guarani, Ponte Preta, Paraná Clube e Palmeiras, todos times com rivais tradicionais. Ele espera que essa experiência possa ajudá-lo na busca do título. “Todos os grandes jogadores têm que estar preparados para os grandes jogos, grandes desafios. Tive a oportunidade de disputar clássicos em Campinas, Curitiba e São Paulo. Pude participar de muitos confrontos e conquistei a vitória em vários deles. Nas duas oportunidades contra o Atlético-MG, fiquei no banco. Nos jogos que entrei, atuei bem e espero participar de mais um clássico e ficar marcado com o título”, concluiu.

Anúncios