sem-titulo-101

Da Toca II

Álvaro Castro

O Cruzeiro vai a campo no domingo enfrentar o Villa Nova, em Nova Lima, defendendo uma escrita de 10 anos sem perder para o tradicional adversário. A última derrota da Raposa foi em 28 de fevereiro de 1999, por 2 x 0, pela Copa dos Campeões Mineiros. De lá para cá foram 13 jogos, seis vitórias azuis e mais sete empates.

O primeiro confronto entre as equipes aconteceu em 18 de setembro de 1921, empate por 1 x 1 válido pela Taça de Nova Lima. Nani marcou para o Cruzeiro e Nem para o Villa Nova.

Na longa história do confronto foram 227 partidas disputadas. O Cruzeiro venceu em 111 oportunidades com mais 71 empates e 45 vitórias da equipe do interior. O time estrelado marcou 426 gols e a equipe da Região Metropolitana, 280.

Em partidas válidas pelo Campeonato Mineiro, a supremacia do Cruzeiro é grande. Em 160 encontros entre, são 86 vitórias estreladas, 50 empates e 24 triunfos da equipe de Nova Lima. O ataque cruzeirense marcou 299 gols, contra 168 do adversário.

O confronto entre as duas equipes traz consigo o recorde de público do futebol Mineiro. A segunda partida da final do Estadual de 1997, levou 132.834 torcedores ao Mineirão, sendo que 74.857 pagaram ingressos e 52.950 mulheres e crianças tiveram acesso gratuito ao Gigante da Pampulha.

A partida terminou com vitória do Cruzeiro por 1 x 0, gol de Marcelo Ramos, e título de campeão para o time estrelado. Na primeira partida da decisão, vitória do Villa Nova por 2 x 1 no Castor Cifuentes em Nova Lima.

Confira a ficha da partida

CRUZEIRO 1 X 0 VILLA NOVA

Motivo: Final do Campeonato Mineiro
Data: 22/06/1997
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Público: 74.857 pagantes e 132.834 presentes
Renda: R$ 664.087,50
Árbitro: Marco Antônio Cunha
Auxiliares: José Eugênio e Marco Antônio Martins
Gol: Marcelo Ramos aos 10min do primeiro tempo

Cruzeiro
Dida; Vítor, Célio Lúcio, Gottardo e Nonato; Fabinho, Ricardinho, Cleison e Palhinha (Da Silva); Marcelo Ramos (Alex Mineiro) e Elivelton (Donizete Amorim)
Técnico: Paulo Autuori

Villa Nova
Cláudio; Wilson, Eleomar, Cláudio e Roberto; Vander, Jean, Alemão e Joça (Adão); Kao Baiano (Paulo César) e Milton
Técnico: Brandãozinho

Anúncios